Blog do Michael https://blog.michaelcampos.com.br Fri, 14 Jun 2019 20:25:26 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=5.2.2 O que é Dropshipping? Como começar em 2019? [GUIA DETALHADO] https://blog.michaelcampos.com.br/o-que-e-dropshipping-como-comecar-em-2019-guia-detalhado/ https://blog.michaelcampos.com.br/o-que-e-dropshipping-como-comecar-em-2019-guia-detalhado/#respond Fri, 14 Jun 2019 20:25:26 +0000 http://blog.michaelcampos.com.br/?p=23954 [ATUALIZADO] Se você gosta de marketing digital ou se deparou recentemente com isso, provavelmente já deve ter ouvido falar sobre vários modelos de comércio eletrônico. Um deles e o qual abordaremos hoje é o dropshipping. O termo “dropshipping” ganhou popularidade em 2006, quando o AliExpress se tornou popular nos Estados Unidos com o lançamento de…

O post O que é Dropshipping? Como começar em 2019? [GUIA DETALHADO] apareceu primeiro em Blog do Michael.

]]>
[ATUALIZADO] Se você gosta de marketing digital ou se deparou recentemente com isso, provavelmente já deve ter ouvido falar sobre vários modelos de comércio eletrônico. Um deles e o qual abordaremos hoje é o dropshipping.

O termo “dropshipping” ganhou popularidade em 2006, quando o AliExpress se tornou popular nos Estados Unidos com o lançamento de lojas chinesas de e-commerce. Naquela época, muitas pessoas não sabiam o que é dropshipping. Mas alguns empresários inteligentes assumiram a liderança e lançaram suas lojas para obter lucros. Eles usaram o AliExpress por causa de seus baixos preços. Logo, mais pessoas estavam pulando na onda e o negócio de dropshipping tornou-se um sucesso instantâneo.

Hoje, o dropshipping tornou-se um modelo de negócios de comércio eletrônico altamente lucrativo que pode ser iniciado com investimento quase zero. Alguns gigantes do comércio eletrônico, como Zappos, Wayfair e Fab e Gilt, construíram seus modelos de negócios em torno do dropshipping.

Vamos aprofundar e aprender o que é dropshipping e como você pode iniciá-lo.

Hospedagem WordPress CloudWays

1. O que é Dropshipping?

A Dropshipping é um modelo de gerenciamento da cadeia de suprimentos no qual os varejistas não precisam se preocupar em gerenciar seu próprio estoque. Eles podem facilmente promover os produtos de fornecedores e ganhar comissões.

Os dropshippers funcionam como fornecedores e clientes intermediários. Eles transferem as informações do pedido para os fornecedores, mantendo uma certa quantia como comissão, que então despacha o produto do depósito para os clientes.

2. Modelo Dropshipping vs Marketing de afiliados

Dropshipping e marketing afiliado são dois modelos lucrativos de negócios online. Vamos ver qual é a diferença real entre eles.

Modelo Dropshipping

O Dropshipping envolve o fornecedor, a loja dropshipping e o cliente. O cliente pede um produto da loja dropshipping. A loja dropshipping transfere os detalhes do cliente para o fornecedor. O fornecedor então envia o produto ao cliente. A loja dropshipping lucra com a venda do produto por um preço maior.

modelo de dropshipping

Imagem: Oberlo

Por exemplo, se o preço do produto no atacado for de $120, a loja dropshipping poderá vendê-lo por $200 a $250, faturando US $80 ou $130 facilmente.

Pontos chave

  • Você define seus próprios preços.
  • Você pode começar a atacar qualquer produto sem fazer parceria com o fabricante usando o Aliexpress, o Ebay e a Amazon.
  • Você ganha por arbitragem.

Marketing afiliado

Em marketing afiliado, o afiliado vende os produtos da empresa que ele está comercializando em uma comissão definida. Existem muitos programas on-line disponíveis para marketing de afiliados, como por exemplo a Hotmart ou Monetizze, mas a comissão é normalmente definida pela empresa cujos produtos o afiliado está vendendo. Diferentemente do Dropshipping, o profissional de marketing não tem a liberdade de definir seus próprios preços.

O bom é que ambos são lucrativos, livres para começar, e as pessoas podem fazer uma carreira em ambos os tipos de modelos de marketing de comércio eletrônico com algum trabalho duro.

Pontos chave

  • Você trabalha em uma comissão fixa.
  • Você tem que participar de um programa de afiliados ou fazer parceria com uma loja de comércio eletrônico.
  • Você ganha comissão sobre o número de produtos vendidos através de sua referência.

3. Benefícios do Dropshipping

O dropshipping é uma oportunidade de negócio altamente lucrativa para empreendedores. A coisa boa é que não tem nenhuma barreira de impedimento e qualquer um que tenha pouco ou nenhum investimento pode facilmente entrar no mercado. É prático e conveniente para quem deseja iniciar sua loja virtual em 2019.

Aqui está uma lista de benefícios de uma loja dropshipping.

3.1 – Baixo ou nenhum investimento 

  • No dropshipping, você não precisa pagar adiantado pelos produtos. Então, você pagará apenas pelas despesas de hospedagem e domínio.
  • Como você não tem excesso de estoque, seu negócio é menos propenso a perda de receita.
  • Você pode vender seus próprios produtos junto com os mais vendidos em sua loja.

3.2 – Conveniência para o fornecedor e a loja Dropshipping

  • A loja dropshipping não tem que se preocupar com o envio e embalagem do produto, nem o fornecedor tem que se preocupar com marketing e promoção de seus produtos e ambos saem ganhando.
  • Dropshippers pode trabalhar com vários atacadistas de uma só vez.

3.3 – Mais fácil de dimensionar e remodelar

  • Como as lojas dropshipping não exigem instalações de armazenamento e são totalmente digitais, elas são mais fáceis de escalar.
  • Mesmo que um nicho ou produto não venda bem, o proprietário das lojas de dropshipping pode facilmente mudar para um produto mais vendido.

3.4  Risco Mínimo

  • Uma loja dropshipping pode ser iniciada gratuitamente. Basta obter um domínio e hospedagem.
  • Mesmo se você perder a loja, não conseguir dimensionar ou lucrar com ela, você pode facilmente desistir sem nenhum risco.

4. Desvantagens do Modelo Dropshipping

Assim como qualquer outro modelo de negócio, o dropshipping também apresenta algumas desvantagens. No entanto, considerando os benefícios, você pode ignorar esses inconvenientes. No entanto, todos os potenciais dropshippers precisam saber sobre os obstáculos e desafios que podem enfrentar antes de dar o salto.

4.1 – Alta competição

Quase todas as empresas de comércio eletrônico têm alta concorrência. É por isso que os proprietários de lojas on-line tentam se destacar fornecendo serviços de qualidade e produtos exclusivos que seus clientes adorariam comprar. A alta concorrência pode se tornar um problema para os dropshippers que não são muito cuidadosos com a forma como comercializam seus produtos. Novas lojas são abertas todos os dias porque é muito fácil duplicar e copiar o código da loja. É por isso que mudar as estratégias e manter-se acima das tendências é a única maneira de se manter à frente dentro da concorrência.

4.2 – Margens Inferiores

Sim! A maioria dos dropshippers tende a simplesmente desistir porque as margens de lucro são muito baixas. No entanto, se você olhar de perto, o dropshipping não é um negócio de curto prazo. É tudo sobre ficar no jogo e subir a escada um passo de cada vez.

Pense em como você pode transformar margens de lucro menores em grandes? Vender mais produtos. Se você tem uma fórmula que vende produtos em uma margem, basta escalá-la ainda mais. Se você estava vendendo 10 produtos por dia, basta escalá-lo para 50 e você terá mais margem de lucro.

O aspecto importante de um negócio de dropshipping é que você não precisa se preocupar com a logística. Basta obter o código de acompanhamento e encaminhá-lo para seus clientes e você não terá que se preocupar com nada. Desta forma, você estará fazendo mais lucro com margem menor.

4.3 –  Responsabilidade Completa dos Produtos

Dropshipping é um negócio onde você estará vendendo um produto que você nunca viu. Portanto, as chances de falha do produto são altas. Quando isso acontece, toda a responsabilidade de devolver o valor real ao cliente e devolver o produto ao fornecedor é sua.

Mas isso não significa que você comece a entrar em pânico. Em vez disso, planeje uma política de reembolso de 30 dias em que o cliente possa devolver o produto se ele (a) não estiver satisfeito com a compra. O comprador individual simplesmente terá que enviar o produto de volta ao endereço de entrega.

Nota: Isso pode custar as despesas de envio para o cliente. Portanto, você deve garantir a menção clara desta cláusula em sua política de devolução e reembolso.

4.4 – Gerenciar pedidos pode ser oneroso

Um lugar onde a maioria dos dropshippers vai puxar o cabelo é quando um dos seus produtos se torna viral. Eles terão centenas de pedidos para cumprir. O gerenciamento de pedidos pode ser uma tarefa árdua. Mas graças a muitos plug-ins dropshipping disponíveis, isso não é um grande problema agora. O Dropshippers agora podem instalar o plugin AliDropship ou WooDropship em sua loja de dropshipping WooCommerce e atender pedidos com um único clique.

5. O que faz um Dropship? Para quem é isso?

Bem, agora que conhecemos os benefícios e as desvantagens de um negócio de dropshipping, é hora de simplesmente obter um domínio, hospedagem e iniciar o dropshipping. Não?

Mas antes de fazermos isso, vamos apenas segurar nossos cavalos por algum tempo.

Dropshipping não é um negócio que qualquer um pode começar. Mantendo o fato em foco, compilamos uma lista de pessoas que terão mais sucesso nesse tipo de negócio de arbitragem (mediador) online.

Vamos dar uma olhada em alguns deles:

5.1 – Iniciantes Empresários

Empreendedores de nível de inicial, aqueles que estão buscando um novo negócio para iniciar terão dificuldade em aprender o processo. Mas o bom é que eles são novos e prontos para entender os conceitos. Esses iniciantes podem levar o jogo dropshipping a um nível totalmente novo com bastante facilidade.

5.2 – Empresários de Orçamentos

Empreendedores de orçamento são magos de matemática. Eles calculam tudo, incluindo seus lucros e perdas, e mantêm benchmarks para o próximo sucesso. Dropshipping pode ser um negócio ideal para eles. Porque eles vão rolar até o mais ínfimo dos detalhes e construir processos para manter altos fluxos de caixa. Para eles, é tudo sobre pipelines de renda passiva.

5.3 – Proprietários da loja de comércio eletrônico

Os donos de lojas de comércio eletrônico são profissionais. E-commerce é o seu pão e manteiga. O desafio do dropshipping será nada, mas um pouco mais molho no seu prato. Eles podem vencer facilmente o negócio de dropshipping porque conhecem seus clientes, os adsets que convertem e o mercado que desejam segmentar. Eles são os senhores do jogo dropshipping.

5.4 – Hustlers laterais

Hustlers laterais têm um trabalho permanente. Eles estão apenas tentando fazer alguns reais por fora. Eles estão prontos para aprender novas tecnologias que podem trazer mais dinheiro. Eles podem precisar de algum treinamento no começo, mas assim que descobrirem como funciona todo o processo de dropshipping, eles estarão prontos para tomar as coisas em suas próprias mãos.

6. Como iniciar uma loja Dropshipping?

As duas melhores plataformas dropshipping para iniciar uma loja dropshipping são o WooCommerce e o Shopify. Ambos têm o seu quinhão de vantagens e desvantagens, mas são excelentes. O Shopify é ótimo se você está apenas começando e não tem nenhum conhecimento de desenvolvimento. No entanto, o Shopify é uma plataforma dispendiosa e exigirá que você atualize seu pacote se quiser expandir a loja.

O WooCommerce, por outro lado, é um plugin WordPress gratuito. Você pode ter que pagar por um plugin como AliDropship, WooDropship ou YouDroop para iniciar se você não quiser seguir o caminho manualmente. No entanto, ele também pode ser iniciado sem plug-ins, mas o processo pode se tornar complicado, já que você precisa trabalhar com o código.

6.1 – Selecionando Produtos para Dropshipping

Para ter uma loja dropshipping de sucesso, você precisa selecionar os produtos que estão em alta. Existem várias maneiras de selecionar esses tipos de produtos, como em sites como o Product Mafia ou o Google Trends. Na maioria das vezes, a melhor estratégia de vender um produto online de dropshipping é testando o que realmente vende.

Indo sub-nicho também é uma boa idéia para vender seus produtos. Por exemplo, calças de ioga é um sub-nicho que vende muito. Você pode começar sua própria loja apenas para vender calças de ioga.

imagem google trends calça ioga

A tendência de procurar ‘calças de ioga’ nos Estados Unidos; recuperado em 26 de abril de 2018. Fonte: Google Trends

Tendência de calças de ioga no Google Trends nos últimos cinco anos ou você pode ir ainda mais estreito e vender calças de ioga para mulheres acima do peso, ou calças com estampas únicas e diferentes. No final, tudo depende do tipo de produtos que as pessoas preferem comprar on-line.

Pontos a serem observados

  • Os produtos devem custar menos de $50, para que uma pessoa possa comprá-los on-line com facilidade.
  • Ter a opção de entrega de ePacket ativada.
  • Ter um grande volume de pedidos no eBay, Amazon e AliExpress. Isso ajudará você a saber que as pessoas realmente as compram.
  • Os produtos precisam ter uma tendência ascendente no Google Trends.

6.2 – Selecionando um nome de domínio

Existem dois tipos de dropshippers. Um, que tem várias lojas dropshipping. Este tipo de dropshippers não se preocupa muito com o nome da marca. De fato, a maioria de seus domínios são Exact Matching Domains (EMDs) ou são sub-nichos e selecionam um nome que ressoe com o nicho. Ex: camisasbaratas.com.br ou supervestidos.com.br.

Em segundo lugar, quem tem uma única loja. Eles estão tentando fazer disso uma marca e estão genuinamente trabalhando para ampliá-la ainda mais. Além do marketing pago para vender seus produtos online, eles também estão trabalhando para aumentar o tráfego orgânico para o site. Eles selecionam cuidadosamente um nome e registram o domínio.

Dica: pense em qual tipo de dropshipper você é e, em seguida, selecione um domínio ou um número de domínios e, em seguida, registre-os. Você pode obter os domínios do Registo.br.

6.3 – Selecionando uma plataforma de hospedagem

Existem duas melhores plataformas disponíveis, WooCommerce e Shopify, quando se trata de dropshipping. O Shopify é totalmente automatizado, mas caro. Uma configuração básica da loja pode custar $100 / mês (o Shopify custa $29, o Oberlo custa $30, o custo da visita custa $10).

Em comparação, o WooCommerce é um CMS de código aberto. Você só terá que pagar pelo domínio e hospedagem da sua loja. E, se você estiver hospedando várias lojas, poderá hospedar todos esses domínios em um único host.

Hospedagem WordPress CloudWays

6.4 – Selecionando um Plug-in Dropshipping

Embora o dropshipping seja possível sem os plugins, o processo de configuração da loja é bastante difícil. Por outro lado, os plugins ajudam você a automatizar todo o processo e são bastante fáceis de usar. Vou me concentrar nos plugins dropshipping que você pode usar para a sua loja WooCommerce.

1. AliDropship

AliDropship trabalha com WooCommerce. Ele está disponível por US $86 e você pode conectá-lo à sua loja para automatizar a importação de produtos dropship. Pode importar produtos do AliExpress e permite que você defina seus próprios preços. O plugin está disponível apenas para um site. Você terá que comprar um novo se estiver lançando outra loja dropshipping.

2. WooDropship

WooDropship é um plugin freemium para dropshipping. É um plugin de código aberto que se integra facilmente ao WooCommerce. Ele tem seu próprio repositório de produtos que você pode importar para sua loja de dropshipping com um único clique.

3. Dropified

O Dropified está disponível tanto para o Shopify quanto para o WooCommerce. Ele funciona de forma semelhante ao plugin AliDropship e permite importar produtos do AliExpress. A única diferença entre os dois é que está disponível para uma assinatura mensal de US $47 a US $99.

Dica:  Não dê a impressão de que você está importando produtos do AliExpress. Portanto, você deve marcar seu site como uma loja de comércio eletrônico.

Em breve estarei mostrando ambos os plugins na prática.

7. Como promover sua loja?

A maioria dos produtos de dropshipping funciona na compra por impulso. É por isso que, em vez de esperar que as pessoas visitem sua loja dropshipping, envie seus produtos na frente deles.

Existem várias maneiras disponíveis para promover uma loja dropshipping, como mídias sociais, marketing de influência, e-mail marketing, marketing de mecanismos de pesquisa e marketing de exibição. Para começar, ir com mídias sociais e marketing pago seria uma boa ideia.

7.1 – Promovendo em Mídias Sociais

A Dropshippers testou que o Facebook, Instagram e Pinterest são três plataformas onde as pessoas compram produtos de dropshipping. Então, vamos discutir sobre esses três, mas eles realmente funcionam?

7.2 – O compartilhamento social realmente funciona?

O compartilhamento social, por si só, não funciona na sua loja de dropshipping. O Facebook reduziu o alcance orgânico de posts em sua plataforma. As pessoas que têm páginas com milhões de curtidas não conseguem obter um alcance de até 0,1 milhão para uma postagem, a menos que as incentivem.

Da mesma forma, o Instagram, que antes permitia que os usuários usassem hashtags para promover seus produtos, também reduziu o alcance. Agora, até mesmo as pessoas que usam dezenas de hashtags para promover seus produtos veem um alcance reduzido ou mesmo nenhum alcance, se não tiverem engajamento em suas contas e seguidores relevantes. É por isso que a maioria dos promotores de produtos de dropshipping está agora mudando para o marketing de influenciadores para atingir um público específico de nicho.

7.3 – Experimente o Influenciador do Instagram

Os influenciadores do Instagram são aquelas pessoas que fizeram seguidores nas contas do Instagram por meio de conteúdo atraente. Eles se enquadram em três categorias: micro influenciadores, influenciadores sociais, celebridades.

    1. Micro influenciadores são baseados em nicho. Cada influenciador tem entre 5.000 e 10.000 seguidores em um determinado nicho. Eles são ótimos para promover seus produtos em um único nicho. Eles também cobram menos pela promoção de suas postagens.
    2. Os influenciadores sociais têm seguidores de mais de 10 mil seguidores. Eles não estão restritos a um único nicho. Eles cobram mais pela promoção e geralmente trabalham com várias marcas de uma só vez.
    3. Celebridades são influenciadores da vida real. Eles são atores de filmes, artistas, esportistas, assistentes sociais ou políticos, etc. Eles já são poderosos e geralmente não trabalham com pequenas empresas.

Pontos a serem observados

  • Para iniciar o marketing de influência, selecione um nicho e, em seguida, selecione os influenciadores que têm mais envolvimento. Eles devem ter pelo menos 5 comentários ou corações em suas postagens
  • Faça uma lista de 5 a 10 influenciadores e comece a falar, dizendo que eles podem manter o produto se eles postarem uma foto dele em suas contas do Instagram

7.4 – Anúncios do Facebook e anúncios do Google são poderosos

Facebook e Google têm diferentes naturezas de publicidade. Os anúncios do Facebook funcionam com as informações do usuário. Faz uma lista do interesse do usuário. Esses interesses são conhecidos como pontos de dados.

De acordo com o Washington Post , o Facebook disponibilizou 98 pontos de dados públicos que armazena para segmentar usuários com anúncios. O Facebook oferece seu próprio programa de certificação conhecido como Facebook Blueprint. Ele fornece tudo o que você gostaria de saber sobre os anúncios do Facebook.

Por outro lado, o Google Ads também oferece sua própria certificação para o programa do Google AdWords que funciona com palavras-chave. Os usuários que estão pesquisando por uma palavra-chave em um mecanismo de pesquisa exibem anúncios relevantes para eles. Ao contrário dos anúncios do Facebook, os anúncios do Google são um pouco diferentes nas buscas e a maioria dos dropshippers favorece o Facebook porque o potencial de segmentação é muito mais forte nessa plataforma.

7.5 – E-mail marketing ainda funciona

E-mail marketing é outra maneira de comercializar seus produtos dropshipping. E-mail marketing exige que você tenha pelo menos a lista de pessoas que você pode comercializar. Em comparação com anúncios pagos, o marketing por e-mail é muito mais complexo porque você não conhece a intenção do comprador. É por isso que, no e-mail marketing, as pessoas preferem transformar leads frios em leads quentes, fornecendo-lhes material informativo.

O marketing por e-mail geralmente é feito para fins de remarketing. Isso significa que, quando você coletar os e-mails de todos os compradores, poderá enviá-los por e-mail, enviando-os por e-mail para seus novos produtos.

Tudo isso pode ser feito através de um software de automação. Alguns softwares eficazes para usar no email marketing são o  Campaign Monitor , o AWeber , o MailChimp e o GetResponse .

8. Alternativas AliExpress em Dropshipping – Por que você deve saber sobre eles?

O AliExpress é um estore que ajuda os fabricantes chineses a vender seus produtos diretamente a clientes em todo o mundo. Mas, honestamente, também está no cerne do negócio de dropshipping. Porque a maioria dos dropshippers leva diretamente produtos do AliExpress e os vende em uma margem maior em suas próprias lojas. Isso tudo é ótimo, não é? Você obtém produtos de uma loja e vende na sua própria loja por uma margem? Não.

E se um produto em particular que você deseja vender em sua própria loja fica fora de estoque no AliExpress? Ou, e se o produto que você quer vender não estiver disponível no AliExpress? Estes são momentos em que você começa a procurar alternativas porque seus clientes estão aguardando que seus produtos cheguem a tempo. É sensível ao tempo.

Para ajudar você a economizar o esforço, aqui está uma lista das principais alternativas do AliExpress:

8.1 – DHGate

Aqui você pode obter quase tudo que estiver disponível no AliExpress. No entanto, os preços serão um pouco altos. Por exemplo, um produto que custa US $9 no AliExpress pode custar US $11 na DHGate. Então, faça sua pesquisa e depois compre.

8.2 – DealExtreme

Em seguida, temos o DealExtreme. Não tem um inventário tão grande quanto o DHGate, mas se você está procurando produtos elétricos / mecânicos, o DealExtreme é uma boa alternativa.

8.3 – BangGood

A BangGood é uma loja de comércio eletrônico, não um mercado de fabricantes. Portanto, os preços são mais altos que outras alternativas do AliExpress. Considere o seu único destino quando você não tem outra alternativa disponível.

8.4 – TomTop

A TomTop possui um inventário de cerca de 100.000 produtos. É uma boa alternativa se você estiver procurando por produtos nerds e tecnológicos. O que mais gostei nesse estore foi o seu catálogo de produtos seletivos. Você não encontrará nada de inútil nessa loja de comércio eletrônico. Para nós, é uma alternativa valiosa do AliExpress.

Palavras finais!

Isso é tudo que você precisa saber sobre como iniciar sua loja dropshipping. Apenas lembre-se, começando sua loja dropshipping não é a parte difícil, a parte difícil é quando você fica preso e seu produto não está sendo vendido. Quando isso acontece, não se preocupe e continue testando. Em breve, você terá um produto que vende bem.

Gostou desse artigo? Compartilhe com seus amigo!

O post O que é Dropshipping? Como começar em 2019? [GUIA DETALHADO] apareceu primeiro em Blog do Michael.

]]>
https://blog.michaelcampos.com.br/o-que-e-dropshipping-como-comecar-em-2019-guia-detalhado/feed/ 0
A nossa vida é uma peça https://blog.michaelcampos.com.br/a-nossa-vida-e-uma-peca/ https://blog.michaelcampos.com.br/a-nossa-vida-e-uma-peca/#comments Mon, 01 Apr 2019 16:50:01 +0000 http://blog.michaelcampos.com.br/?p=23923 A vida é uma grande peça dentro de um imenso teatro. Existem os atores e os espetáculos, todo figurino e basta apenas um erro de uma fala pra desestabilizar todo o espetáculo, todos começam a ficar nervosos, já não lembram mais seus textos, cadê o roteiro? Existem sopros que nos desestabilizam de uma maneira que…

O post A nossa vida é uma peça apareceu primeiro em Blog do Michael.

]]>
A vida é uma grande peça dentro de um imenso teatro. Existem os atores e os espetáculos, todo figurino e basta apenas um erro de uma fala pra desestabilizar todo o espetáculo, todos começam a ficar nervosos, já não lembram mais seus textos, cadê o roteiro? Existem sopros que nos desestabilizam de uma maneira que não há como voltar atrás. A vida passou sabe?  A palmeira não consegue fugir de todos os ventos, algumas vezes ela quebra e não tem como consertar, um coração quebrado não tem conserto, podem até remenda-lo, mas, as marcas de uma cicatriz bem profunda ele levará para o resto da vida.
Podemos até fechar os olhos, podem passar os anos, mas, o teatro bagunçado sempre estará em seu subconsciente, podemos construir novos teatros e trabalharmos em novas peças, mas aquela que você fracassou sempre vai estar ali batendo em sua porta, te lembrando mais uma vez o quanto você tomou uma decisão que até hoje se arrepende, mas a vida é de decisões não é mesmo? A vida é de tentativas, de sims e nãos, é daqueles que colocam suas caras a tapas, que tentam e erram, zeram e voltam a tentar por outro caminho, será que é isso que devemos fazer? Será que a circunstância do hoje nos impulsiona dessa maneira para o resultado do amanhã? Não sei mais, acho que o teatro acabou, cadê a peça? Os atores foram embora só existe eu aqui, num palco vazio e sozinho acho que vou cantarolar ninguém me ouvirá ou me escutam? Não! Apenas vejo um vazio e silencioso fim, nem todas as histórias são de finais felizes ou talvez sim, o que é um final feliz? Os contos de fadas educaram nossa geração onde finais felizes com músicas românticas impregnaram seus egos e nascemos acreditando que um final feliz é um estado casal mais felicidade, não! Felicidade vai além disso, será que podemos abrir o teatro e tentar de novo, já pus cartazes procurando novos atores, talvez desta vez aconteça ou não, mas se eu não tentar como vamos saber? Seja o diretor do teatro da sua vida e faça tudo aquilo que é preciso fazer para ser feliz não apenas o que aprendeu, mas o que está no seu coração. Seja feliz!

O post A nossa vida é uma peça apareceu primeiro em Blog do Michael.

]]>
https://blog.michaelcampos.com.br/a-nossa-vida-e-uma-peca/feed/ 1
Site lento? Aprenda 19 truques para deixar seu site WordPress bem mais rápido https://blog.michaelcampos.com.br/site-lento-aprenda-19-truques-para-deixar-seu-site-wordpress-bem-mais-rapido/ https://blog.michaelcampos.com.br/site-lento-aprenda-19-truques-para-deixar-seu-site-wordpress-bem-mais-rapido/#respond Fri, 29 Mar 2019 16:40:54 +0000 http://blog.michaelcampos.com.br/?p=23933 Hoje trago algumas dicas para dar uma turbinada no seu WordPress e deixar ele bem mais rápido, exatamente 19 truques que uso e que você pode fazer para melhorar o carregamento de páginas, melhorar a experiência do usuário, aumentar seus pageviews, e ajudar o seu SEO claro, mãos à obra. Antes de começar faça um backup de…

O post Site lento? Aprenda 19 truques para deixar seu site WordPress bem mais rápido apareceu primeiro em Blog do Michael.

]]>
Hoje trago algumas dicas para dar uma turbinada no seu WordPress e deixar ele bem mais rápido, exatamente 19 truques que uso e que você pode fazer para melhorar o carregamento de páginas, melhorar a experiência do usuário, aumentar seus pageviews, e ajudar o seu SEO claro, mãos à obra.

Antes de começar faça um backup de seu site! Sempre que fizer qualquer alteração, sempre faça backup e guarde, nunca atualize plugins, modifique páginas sem antes ter uma segurança, pois, qualquer problema que acontecer você pode recuperar o site como estava antes.

Faça um teste de seu site no GTmetrix para você compará-lo depois que fizer esses ajustes.

Hospedagem WordPress CloudWays

#1 – Escolha um bom servidor de hospedagem

Escolher um bom servidor de hospedagem é o item mais importante para que seu site seja mais rápido e tenha sucesso, no Brasil não temos muita sorte, pelo menos eu não tive nenhuma sorte, são poucas as empresas que realmente prestam um bom serviço. Com isso depois de muitíssimas experiências ruins encontrei a cloudways, uma plataforma de hospedagem em nuvem gerenciada com facilidade, simplicidade e desempenho. Tudo isso apoiado por um suporte especializado para que você se mantenha focado no que faz de melhor, ganhe como indivíduo e tenha sucesso como um negócio. Trata-se de um gerenciador de clouds, onde você pode escolher o servidor entre Digital Ocean, Vultr, Linode, Google Cloud, AWS e Stack Path e a cloudways faz todo o gerenciamento e otimização por um preço bem bacana, a Digital Ocean e a BlueHost, essa que chegou no Brasil já faz um tempo e vale ressaltar que a Bluehost é uma das 3 empresas de hospedagem que são indicadas pelo site oficial do WordPress, então sabemos que essas hospedagens são as mais tops, claro que no ponto de vista de cada um, então indico esses provedores.

Só de você migra seu site de uma hospedagem compartilhada para um cloud o seu site já melhora uns 70% em performance.

#2 – Desative o Heartbeat do WordPress

O WordPress possui alguns recursos que podem ter sua frequência diminuídas ou desabilitados. É o caso da função Heartbeat que causa com regularidade picos de consumo da CPU da hospedagem. Porém é bem simples de ajustar isso e corrigir basta instalar o Plugin Heartbeat Control. Após instalar, vá ao menu de Configurações -> Heartbeat Control Settings.  Na seção “Rule 1”, marque “Disable Heartbeat” no campo Heartbeat Behavior; selecione as opções “WordPress Dashboard” e “Frontend” em Locations.
Feito isso clique no botão Save Changes. Pronto, agora é só testar se está tudo funcionando corretamente.

#3 – Instale um plugin de cache

O WordPress é um CMS, Custom Management System ou melhor Sistema de Gerenciamento de Conteúdo escrito em PHP, que é uma linguagem de programação de servidor. O que significa que cada vez que alguém visita o seu site, o WordPress executa um processo para buscar as informações e, em seguida, exibi-la em tempo real para o seu usuário.

Esse processo pode deixar seu site mais lento quando tiver várias pessoas visitando ele e a solução é usar um plugin de cache.

Em vez de gerar todas as páginas de uma vez, seu plugin irá mostrar uma versão em cache da página para o navegador do usuário.

Os mais utilizados pela galera são o W3 Total Cache e o WP Super Cache.

Porém eu utilizo o Breeze que é um Plugin de Cache de WordPress gratuito, simples (mas poderoso) e de fácil utilização desenvolvido pela equipe do Cloudways. Oferece várias opções para otimizar o desempenho do WordPress em vários níveis. Ele funciona igualmente bem com WordPress, WordPress com WooCommerce e WordPress Multisite.

Ative o cache do navegador, gzip e minifique os códigos CSS, JS e HTML. Dependendo de sua hospedagem, você também poderá utilizar cache de memória, como o Redis, Memcached ou Varnish. Veja com sua hospedagem qual está disponível.

#4 – Use um CDN

Muitos arquivos em seu site são estáticos, como imagens, CSS e JavaScript. Estes arquivos normalmente não mudam. No entanto, quando um navegador web está baixando sua página, esses arquivos podem impedi-lo de exibir a página aos seus usuários.

CDN ou redes de entrega de conteúdo resolve este problema, distribuindo seus arquivos estáticos por servidores em todo o mundo. Isso libera recursos no servidor, faz o seu site ficar mais rápido, e melhora a experiência do usuário.

Eu uso o CloudFlare em todos os meus projetos. Ele funciona muito bem com sites WordPress e também integra muito bem com plugins de cache.

Em outro falarei como configurar o CloudFlare em seu site.

#5 – Desative o XML-RPC

O XML-RPC (XML Remote Procedure Call) utilizada pelo WordPress é uma interface de comunicação remota ativada por padrão desde a versão 3.5 do WordPress através do arquivo arquivo xmlrpc.php.

Ele permite a comunicação do seu site com a API do WordPress e também faz com que outros administradores de sites WordPress possam fazer referências às suas postagens (trackbacks e pingbacks).

Se você não usar o JetPack, aplicativo mobile do WordPress ou outro plugin que faça uso do XML-RPC, ele deve ser desativado para prevenir sobrecargas desnecessárias em seu site e o seu uso traz insegurança para o site

As principais inseguranças que o uso do XML-RPC traz para seu site são:

Ataques Brute-Force: Um método dentro de xmlrpc.php permite que o atacante use um único comando (system.multicall) para adivinhar centenas de senhas. Com apenas 4 solicitações HTTP, os invasores podem tentar milhares de senhas, ignorando ferramentas de segurança projetadas para bloquear tentativas de força bruta.

DDoS via pingback: Dá a qualquer atacante um conjunto praticamente ilimitado de endereços IP para distribuir um ataque de negação de serviço em uma rede de sites WordPress.

Para desativá-lo basta instalar e ativar o plugin Disable XML-RPC para completar essa etapa.

E você pode fazer alguns ajustes que irão ajudar adicionando algumas diretrizes no arquivo de configuração acessando os arquivos de via FTP e ddite o arquivo wp-config.php que fica na raiz de onde o site está instalado, adicione as seguintes linhas antes da linha require_once(ABSPATH . ‘wp-settings.php’):

define( 'AUTOSAVE_INTERVAL', 180 );
define( 'WP_POST_REVISIONS', 5 );
define( 'WP_CRON_LOCK_TIMEOUT', 300 );
define( 'EMPTY_TRASH_DAYS', 7 );
define( 'DISALLOW_FILE_EDIT', true );
define( 'AUTOMATIC_UPDATER_DISABLED', true );
define( 'WP_MEMORY_LIMIT', '128M' );
define( 'WP_MAX_MEMORY_LIMIT', '256M' );

Tudo o que fizemos pode ser encontrado no Codex do WordPress, porém elas não causarão efeitos indesejados e podem ser usadas em qualquer instalação WordPress, até mesmo em multi-site.

#6 – Otimizar suas imagens para aumentar a velocidade do seu site

As imagens do seu site são uma das coisas mais atraentes na web. A maioria dos sites tem dezenas de imagens em cada página.

Você precisa ter certeza de que as imagens que você usa no WordPress são devidamente otimizado para a web. A maioria dos softwares de edição de imagem permitem que você salve versões otimizadas sem qualquer perda de qualidade perceptível.

Você também pode baixar um ótimo plugin chamado ReSmush.it, uso em todos os meus sites, ele faz um grande favor de reduzir o tamanho da imagem assim que você estiver upando para o site.

Quando instalá-lo vá em mídias=>resmushit. Ao lado direito em settings na opção Image quality, por padrão vai estar com o valor 92, coloque com 70 e com isso ele irá compactar sem perder qualidade.

=> Como usar imagens WebP no WordPress

#7 – Use um tema otimizado

Ao selecionar ou criar um tema WordPress para o seu site, preste uma atenção especial à otimização de velocidade.

Depois de instalar um tema, há várias coisas que você pode fazer para otimizar a velocidade. Mas se o seu tema WordPress é mal codificados, então você pode acabar perdendo tempo e recursos valiosos.

Dois ótimos temas otimizados são o Astra e o OceanWP.

#8 – Use resumo nas páginas home, blog, e etc.

Por padrão, o WordPress exibe o seu artigo completo com todas as imagens na página inicial e arquivos. Isto significa que sua homepage, categorias, tag, e de outras páginas de arquivos todos terão um carregamento mais lento.

Outra desvantagem de mostrar artigos completos é que os usuários não sentem vontade de ler seus artigos na íntegra. Isso reduz seus pageviews.

#9 – Dividir postagens gigantes por páginas

Se você publicar longos artigos com muitas imagens, considere separá-los em várias páginas. WordPress vem com uma funcionalidade built-in para fazer isso.

Basta adicionar a tag <!––nextpage––> em seu artigo onde você quer dividi-lo em próxima página. Faça isso de novo, se você quiser dividir o artigo para a próxima página também.

#10 – Coloque seus comentários também em páginas

Alguns dos seus artigos vão ficar com mais comentários do que outros. Se você está exibindo todos os comentários na mesma página, então ele vai aumentar o tempo de carregamento da página.

WordPress vem com uma solução integrada para isso. Basta ir em Configurações »Discussão e marque a caixa “Dividir comentários em páginas …”

#11 – Exclua os plugins inativos

Muitos iniciantes costumam instalar muitos plugins e depois se esquecem de desinstalar os que não estão usando mesmo.

Isso é um grande problema porque aumentam o tamanho do seu site, enchem sua head de links e códigos que nem estão usando com isso deixando seu site bem mais pesado e com requisições desnecessárias.

Então sugiro que exclua todos os plugins e temas que não estão sendo usados.

#12 – Mantenha seu site sempre atualizado

WordPress é um projeto de código aberto bem conservado, o que significa que é atualizado com frequência. Atualizações corrigem problemas de segurança, bugs, e oferecem novos recursos.

Todos os plugins e temas também são regularmente atualizados.

É de sua total responsabilidade manter seu site sempre com as atualizações mais recentes, isso deixará seu site mais seguro, pois irá corrigir erros de segurança e bugs, e deixará seu site mais rápido, pois as atualizações sempre vem com melhorias de desempenho também.

#13 – Não carregue vídeos direto para o WordPress, temos o Youtube para isso.

Você até pode fazer upload de vídeos diretamente para o seu site e vai exibi-los automaticamente em um player HTML5, até aí tudo bem, mas você nunca deve fazer isso!

Upando os vídeos para seu site irá te custar espaço de sua hospedagem e vídeos de alta qualidade consomem muito sua banda fora que o WordPress não pode otimizar seu vídeo para usuários de internet lenta.

Sugiro que use nosso querido amigo YouTube. Você pode facilmente incorporar vídeos no WordPress basta copiar o link e colar na caixa de texto do post que o WordPress faz todo o trabalho de incorporar automaticamente. Isto não só evita problemas, também melhora a experiência do usuário e velocidade de carregamento da página de seu site.

#14 –  Reduzir solicitações HTTP externas

pedidos de domínio cruzado

Muitos plugins e temas carregam scripts, folhas de estilo e imagens a partir de recursos externos, como bibliotecas do Google, Facebook SDK, serviços de análise e assim por diante.

Muitos desses servidores são otimizados para servir dados rapidamente. Beleza, tudo ok para usá-los, como agem como uma rede de distribuição de conteúdo e vai servir o arquivo relevante mais rapidamente do que o seu servidor web.

No entanto, se o seu site está fazendo um monte de pedidos, então isso poderia enfraquecer o seu site de forma significativa. Tente reduzir solicitações HTTP externas, olhando para os plugins e temas cuidadosamente.

#15 –  Reduza chamadas de banco de dados

Muitos temas WordPress não são devidamente otimizado para utilizar práticas padrão do WordPress. Tais temas acabam fazendo chamadas de banco de dados diretos, ou muitas solicitações desnecessárias ao banco de dados.

Mesmo temas bem codificadas tem o código que faz chamadas de banco de dados apenas para obter locale do seu blog. Como isso:

<html xmlns="http://www.w3.org/1999/xhtml" <?php language_attributes(); ?>>
<head profile="http://gmpg.org/xfn/11">
<meta http-equiv="Content-Type" content="
<?php bloginfo('html_type'); ?>;
charset=<?php bloginfo('charset'); ?>" />

Não é necessário esse códigos acima, você poderia criar um tema filho (em breve estarei falando sobre) e substituir por:

<html xmlns="http://www.w3.org/1999/xhtml" dir="ltr">
<head profile="http://gmpg.org/xfn/11">
<meta http-equiv="Content-Type" content="text/html; charset=UTF-8" />

Não há necessidade de chamar o banco de dados nesse caso, vale inspecionar seu tema e ver o que você pode melhorar e lembre, sempre faça as alterações no tema filho.

#16 – Otimizar o banco de dados

Depois de usar o WordPress por um tempo, seu banco de dados terá lotes de dados que você provavelmente não precise mais. Seu banco de dados também precisa otimizar tabelas para um melhor desempenho.

Isso pode ser facilmente resolvido com o plugin WP-Sweep. Ele permite que você limpar seu banco de dados WordPress, eliminando coisas como lixo, revisões, meta órfãs, etc. Ele também otimiza a estrutura da tabela de banco de dados com apenas um clique.

#17 – Limitar revisão de posts

As revisões de posts salvas podem tomar espaço no seu banco de dados. Alguns usuários acreditam que também afetam as consultas de banco de dados geridas por plugins.

Você pode limitar o número de revisões WordPress deve manter para cada artigo em sua memória. Basta adicionar esta linha de código ao seu arquivo wp-config.php.

define( 'WP_POST_REVISIONS', 4 );

Este código irá limitar o WordPress apenas para salvar as últimas 4 revisões e descartar revisões antigas automaticamente. Falamos disso no tópico 4.

#18 – Desativar Hotlinking e Leeching de seu conteúdo

Alguns sites de scraping (raspagem conteúdo) criam automaticamente mensagens de feeds de outros sites WordPress. Por isso recomendamos que mostrem apenas trechos de seus posts no feeds RSS.

No entanto, alguns raspadores de conteúdo copiam e roubam o seu conteúdo. Em vez de fazer upload de imagens para seus próprios servidores, colocam diretamente em seu site. Dessa forma, roubam a sua largura de banda.

Basta adicionar este código ao seu arquivo .htaccess para bloquear hotlinking de imagens.

#disable hotlinking of images with forbidden or custom image option
RewriteEngine on
RewriteCond %{HTTP_REFERER} !^$
RewriteCond %{HTTP_REFERER} !^http(s)?://(www\.)?michaelcampos.com.br [NC]
RewriteCond %{HTTP_REFERER} !^http(s)?://(www\.)?google.com [NC]
RewriteRule \.(jpg|jpeg|png|gif)$ – [NC,F,L]

#19 – Use plugin de galeria de imagens otimizado

Se você tem um site de fotografia ou de portfólio, então você vai precisar usar um plugin de galeria para exibir suas imagens lindamente. É realmente importante que você use um plugin de galeria já otimizado.

É isso, com essas pequenas dicas acredito que você consiga otimizar seu site deixando ele mais leve e mais usual, espero que tenham gostado, não deixem de comentar e dar seu joinha.

O post Site lento? Aprenda 19 truques para deixar seu site WordPress bem mais rápido apareceu primeiro em Blog do Michael.

]]>
https://blog.michaelcampos.com.br/site-lento-aprenda-19-truques-para-deixar-seu-site-wordpress-bem-mais-rapido/feed/ 0
Como usar imagens WebP no WordPress [ATUALIZADO 2019] https://blog.michaelcampos.com.br/como-usar-imagens-webp-no-wordpress/ https://blog.michaelcampos.com.br/como-usar-imagens-webp-no-wordpress/#comments Wed, 28 Nov 2018 16:00:14 +0000 https://blog.michaelcampos.com.br/?p=23662 Antes de começarmos a colocar a mão na massa gostaria de explicar o que são imagens WebP com um breve resumo para entendermos melhor sobre o assunto, se você se preocupa com o desempenho de seu site WordPress é imprescindível que você entenda de uma vez e aplique em seus sites. O que é webP?…

O post Como usar imagens WebP no WordPress [ATUALIZADO 2019] apareceu primeiro em Blog do Michael.

]]>
Antes de começarmos a colocar a mão na massa gostaria de explicar o que são imagens WebP com um breve resumo para entendermos melhor sobre o assunto, se você se preocupa com o desempenho de seu site WordPress é imprescindível que você entenda de uma vez e aplique em seus sites.

Hospedagem WordPress CloudWays

O que é webP?

O webP é um formato de imagem desenvolvido pelo Google que fornece compressão sem perdas e perdas superiores para imagens na web. A imagem webP pode ser menor em tamanho do que a imagem JPEG em até 40% com qualidade perfeita. Isso pode ter um impacto significativo no desempenho do seu site e na utilização da largura de banda. Como você pode ver (abrir imagens na nova guia para verificar a qualidade), eu poderia economizar até 51% usando o formato .webp em vez da imagem JPEG sem perder qualidade.

Imagem JPEG – 693KB

Imagem WebP – 333 KB

Prós e contras de usar WebP

A WebP tem muitos benefícios em relação a outros formatos, como JPEG, PNG ou GIF.

  • Tamanho de arquivo menor
  • Um formato para todos os tipos – JPEG, PNG e GIF podem ser convertidos em webp
  • Maior qualidade – Apesar do tamanho menor, você obterá uma qualidade de alto nível para suas imagens.

Contras:

  • Suporte do navegador – Somente o Chrome e o Opera suportam a webp. Mas não se preocupe, você pode dizer ao WordPress que exiba JPEG ou PNG caso a webp não seja suportada nos navegadores dos visitantes.

Como usar imagens WebP no WordPress:

1.1 – Use o plugin ShortPixel Image Optimizer

Use o plugin ShortPixel Image Optimizer  para otimizar suas imagens e convertê-las para WebP em suas instalações do WordPress.

Quando você fizer a instalação do plugin ShortPixel Image Optimizer, você poderá habilitar o WebP usando um dos seguintes métodos:

Configuração do servidor:

Você precisará adicionar o seguinte trecho de configuração ao seu arquivo de configuração .htaccess ou nginx.

.htaccess:

<IfModule mod_rewrite.c>
	RewriteEngine On
	RewriteCond %{HTTP_ACCEPT} image/webp
	RewriteCond %{DOCUMENT_ROOT}/$1.webp -f
	RewriteRule ^(wp-content/uploads.+)\.(jpe?g|png)$ $1.webp [T=image/webp,E=accept:1]
</IfModule>

<IfModule mod_headers.c>
	Header append Vary Accept env=REDIRECT_accept
</IfModule>

AddType image/webp .webp

Configuração nginx:

# http config block
map $http_accept $webp_ext {
    default "";
    "~*webp" ".webp";
}

# server config block
location ~* ^/wp-content/.+\.(png|jpg)$ {
    add_header Vary Accept;
    try_files $uri$webp_ext $uri =404;
}

Observe: este método NÃO funciona com um CDN
Com o fragmento de configuração adicionado, os arquivos PNG e JPEG agora serão reescritos como WebP. No entanto, a extensão do arquivo em si não muda. Um arquivo PNG ainda aparecerá como um .png e um JPEG ainda aparecerá como um .jpeg no URL da imagem.
Para verificar se a sua imagem está no formato WebP, você pode navegar até o URL da imagem, abrir o Chrome Developer Tools e navegar até a guia Rede. Ao clicar no arquivo de imagem, será aberto o separador de cabeçalhos de resposta para esse arquivo que mostra que o Content-Type é imagem / webp

1.2 – Use o plugin Optimus Image Optimizer

Você pode baixar o plugin Optimus Image Optimizer do repositório do WordPress. Você vai precisar de uma licença premium se você quiser converter suas imagens em WebP. Uma vez instalado, você pode ativar a “Creation of WebP files” (Criação de arquivos WebP) nas configurações do plugin.

Criar arquivos de Imagens WEBP

Depois que ativar a conversão de imagens para imagens Webp, ele criará uma imagem adicional para tudo o que converte. Portanto, se você fizer o upload de um arquivo PNG ou JPG, agora também há uma versão .webp da sua imagem. Lembre-se de que o PNG / JPG ainda é necessário porque eles ainda são usados ​​para exibir navegadores sem suporte. O Optimus faz a compactação sem perdas, portanto, seus arquivos PNG e JPG também são compactados.

WebP Png JPG

Há também uma opção de otimizador em massa caso você já tenha compactado suas imagens antes e ainda precise convertê-las em WebP.

Otimizar todas imagens

2 – Plugin Enabler Cache:

Este é o método recomendado porque você poderá usar imagens WebPs no WordPress

Passos:

  1. Baixe e ative o plugin Enabler Cache
  2. Vá para Settings -> Cache Enablere verifique a opção destacada abaixo
webP-images-in-WordPress-cache-enabler

Conclusão:

Quando você decide usar imagens do webP no WordPress, sem sombra de dúvidas é uma das melhores decisões que você fará para o desempenho do seu site. Não encontrei uma maneira mais fácil de usar imagens da WebP em minhas instalações do WordPress do que usar o plugin do ShortPixel Image Optimizer em conjunto com o Plugin do Enabler de Cache. Se você achar ou souber de outra maneira me avise ou se tiver alguma dúvida é só deixar seu comentário. Até mais! 

O post Como usar imagens WebP no WordPress [ATUALIZADO 2019] apareceu primeiro em Blog do Michael.

]]>
https://blog.michaelcampos.com.br/como-usar-imagens-webp-no-wordpress/feed/ 6
Exib.me uma nova rede social para Designers https://blog.michaelcampos.com.br/exib-rede-social-para-designers/ https://blog.michaelcampos.com.br/exib-rede-social-para-designers/#respond Tue, 27 Nov 2018 17:06:02 +0000 http://portalmidiacriativa.com/?p=11925 Será essa rede social um novo Behance? Talvez, só sabemos que a rede tem crescido a cada dia. O Exib.me é uma rede social para profissionais criativos, das áreas de Moda, Música, Cinema, Arte e Design. Profissionais dessas áreas podem se cadastrar e personalizar seus perfis ou melhor dizendo seus portfólios, que podem conter vídeos, fotos…

O post Exib.me uma nova rede social para Designers apareceu primeiro em Blog do Michael.

]]>
Será essa rede social um novo Behance? Talvez, só sabemos que a rede tem crescido a cada dia. O Exib.me é uma rede social para profissionais criativos, das áreas de Moda, Música, Cinema, Arte e Design.

Imagem Exib.me uma nova rede social para Designers

Profissionais dessas áreas podem se cadastrar e personalizar seus perfis ou melhor dizendo seus portfólios, que podem conter vídeos, fotos e músicas e você também pode preencher seu currículo, descrevendo sua experiência profissional, suas competências e habilidades que te fazem se destacar dos demais usuários.

A rede além de ser composta por profissionais espetaculares, conta com o cadastro de empresas e marcas que estão em busca de criativos para suas empresas.

Acesse os perfis criativos e crie novas conexões! A rede tem uma timeline bem bacana que exibe as postagem recentes dos criativos de plantão, você pode acompanhar o que os designer estão postando em seus portfólios, podendo servir também de inspiração para seus trabalhos.

Junte-se a outros usuários para criar novas ideias, produtos e serviços. Participe de desafios e chamadas criativas e crie coletivamente nas ferramentas de cocriação!

REVISTA DIGITAL

Além disso a rede conta com uma revista digital separada em quatro categorias fashion, art, music e filmes, onde são expostos artigos direcionados tratando dos assuntos de cada categoria.

E aí criativo, vamos fazer nosso cadastro? Bastar ir no site www.exib.me e se cadastrar.

Espero que tenham gostado, aguardo vocês no próximo post, até mais!

O post Exib.me uma nova rede social para Designers apareceu primeiro em Blog do Michael.

]]>
https://blog.michaelcampos.com.br/exib-rede-social-para-designers/feed/ 0
O que falta para você migrar seu site para o WordPress? https://blog.michaelcampos.com.br/o-que-falta-para-voce-migrar-seu-site-para-o-wordpress/ Tue, 20 Nov 2018 12:45:41 +0000 http://portalmidiacriativa.com/?p=23410 Querido leitor, hoje estou aqui não para te convencer, mas para apresentar uma das maiores plataformas de gerenciamento de conteúdos que acredito eu que com certeza já tenha ouvido falar, o WordPress, que é uma plataforma desenvolvida em PHP que tem seu foco na praticidade e na estética obedecendo todos os padrões da Web e…

O post O que falta para você migrar seu site para o WordPress? apareceu primeiro em Blog do Michael.

]]>
Querido leitor, hoje estou aqui não para te convencer, mas para apresentar uma das maiores plataformas de gerenciamento de conteúdos que acredito eu que com certeza já tenha ouvido falar, o WordPress, que é uma plataforma desenvolvida em PHP que tem seu foco na praticidade e na estética obedecendo todos os padrões da Web e respeitando a usabilidade tanto para desktops e smartphones.
O gerenciamento de conteúdo pelo o WordPress é muito fácil e tranquilo, parece que o sistema foi desenvolvido pensando no mais leigo, pois é tão fácil que uma criança conseguiria criar um post ou uma página.
O WordPress é um software livre, gratuito e feito por qualquer um que queria desenvolver e hoje é a maior plataforma de Gerenciamento de Conteúdo do mundo, com quase 70% do mercado.
Você sabia que o WordPress pode ser qualquer coisa, isso só depende da sua criatividade.

Crie lojas completas através de plugins e transforme seu site em um e-commerce profissional

WooCommerce é um plugin gratuito de e-commerce que lhe permite vender qualquer coisa, perfeitamente. Construído para se integrar sem problemas com o WordPress, WooCommerce é a solução de e-commerce favorita do mundo que dá total controle aos proprietários de lojas e desenvolvedores.
Com flexibilidade infinita e acesso a centenas de extensões gratuitas e premium para WordPress, WooCommerce agora alimenta 30% de todas as lojas online, mais do que qualquer outra plataforma.

 
A MarketPress define o padrão para soluções de comércio eletrônico WordPress, proporcionando uma experiência de compra elegante que suporta todos os principais gateways de pagamento e permite que você gerencie facilmente os custos de distribuição e compras com opções de envio personalizadas.

Crie sistemas de ensino completos, monte sua empresa de cursos onlines.

Learning Courses é a solução perfeita para gerenciar cursos e professores. Para qualquer atividade de aprendizagem. Vender seus cursos com integração paypal e obter contatos.

LearnPress, este é um dos melhores Plugins LMS para WordPress, podendo ser usado para criar e vender facilmente cursos on-line. Cada currículo do curso pode ser feito com aulas e testes que podem ser gerenciados com interface de usuário fácil de usar, os criadores dizem que ele foi criado para preguiçosos por ele oferecer uma ferramenta bem completa.

Crie sua própria rede social, e viva seu sonho de ser um Mark Zuckerberg

BuddyPress, sem sombra de dúvidas, esse é o plugin mais utilizado por toda web e se você está procurando um software de rede social moderno, robusto e sofisticado? O BuddyPress é um conjunto de componentes que são comuns a uma típica rede social e permite grandes recursos adicionais através de extensivo sistema WordPress de plugin.

PeepSo é um super-leve, livre, plugin de rede social para WordPress que permite que você adicione rapidamente e sem esforço uma rede social ou uma comunidade online, semelhante ao Facebook direito dentro do seu site WordPress.

Crie uma intranet completa para sua empresa

Intranet All-In-One, transforme instantaneamente sua instalação do WordPress em uma intranet corporativa privada.
A Intranet All-In-One oferece tudo o que você precisa em um plug-in para bloquear seu site e começar a construir sua intranet. 

Orbis, este plugin transforma o seu ambiente WordPress em uma ferramenta de negócios totalmente operacional. A Orbis possui algumas funcionalidades básicas de gerenciamento de projetos, gerenciamento de relacionamento com clientes e intranet. Torne o Orbis ainda mais poderoso com alguns plugins adicionais legais. 

Crie aplicativos de maneira fácil, e envie-os para as lojas de aplicativos

AppPresser é uma estrutura de desenvolvimento de aplicativos para celular para WordPress.
AppPresser permite que você use um site WordPress como um aplicativo, incluindo o acesso aos recursos do dispositivo, como a câmera, contatos e muito mais. Você pode criar seu aplicativo completamente no WordPress, usando temas, plugins e todo o material que você já conhece.

Worona é um plugin WordPress de código aberto que permite aos usuários converter seu blog WordPress em um aplicativo móvel nativo. O Worona é dividido em duas partes diferentes: o plugin WordPress em si, que prepara o conteúdo do seu site WordPress para ser enviado para o aplicativo e o aplicativo nativo codificado usando o SDK da Corona.

O WordPress conta com uma infinita gama de plugins e temas free e premiums, sua criatividade é o limite nessa aplicação e uma pergunta que eu gostaria de fazer, o que falta para você montar o seu negócio na internet? Venha para o WordPress e comece a vender seus produtos, crie seu portfólio, administre sua empresa tudo através do WordPress, você ainda pode contar com uma comunidade super bacana com muita gente boa que vai te ajudar a alavancar seu negócio.
E aí, curtiu o artigo? Deixe seu comentário e não esqueça de compartilhar com os amigos, forte abraço!

O post O que falta para você migrar seu site para o WordPress? apareceu primeiro em Blog do Michael.

]]>
Quem verdadeiramente é você? https://blog.michaelcampos.com.br/quem-verdadeiramente-e-voce/ https://blog.michaelcampos.com.br/quem-verdadeiramente-e-voce/#respond Sat, 27 Oct 2018 14:31:31 +0000 http://michaelcampos.com.br/?p=1004 Eu gostaria de contar uma história pra vocês amigos leitores, que um grande amigo me contou uns anos atrás, e essa história transformou a maneira que eu me vejo e de quem eu sou ou busco ser.“Era uma vez, um velho camponês muito bonzinho, este camponês era conhecido em todo seu vilarejo, todos o conheciam,…

O post Quem verdadeiramente é você? apareceu primeiro em Blog do Michael.

]]>
Eu gostaria de contar uma história pra vocês amigos leitores, que um grande amigo me contou uns anos atrás, e essa história transformou a maneira que eu me vejo e de quem eu sou ou busco ser.
“Era uma vez, um velho camponês muito bonzinho, este camponês era conhecido em todo seu vilarejo, todos o conheciam, pois ele era um homem muito bom, pagava todos os seus impostos e nunca atrasava, ajudava a todos quanto podia, repartia seus alimentos com os pobres, era um homem fiel a sua esposa, era um homem exemplar, pescador e toda vez que saia para pescar, repartia com todo o vilarejo o que havia pescado e sem cobrar nada e sem esperar nada em troca, e nessa época havia um imperador muito mau, perverso, destruía vilarejos e matava famílias inteiras a sangue frio só por atrasar os impostos, era um homem sem sentimento, intolerante. Um belo dia o velho camponês em sua rotina de pescaria, lança sua rede e quando olha para o mar, ele percebe algo estranho no fundo, algo brilhava muito em baixo d’água e ele por sua vez não pensou duas vezes, aproveitou que o lugar onde estava era raso, e pulou e nadou até onde estava brilhando, pegou e quando subiu para a superfície viu que se tratava de um anel, era lindo e tinha um emblema místico e resolveu por em seu dedo, assim que ele colocou o anel por inteiro algo impossível e extraordinário aconteceu, ele ficou totalmente invisível, percebendo isso não pensou duas vezes, foi correndo até o castelo desse imperador, arrancou sua cabeça e estuprou a sua esposa.”
 
Moral da história, quem é você quando tem poder sobre suas mãos, será que você seria a mesma pessoa boa que você se considera ou despertaria um ser apagado dentro do seu consciente, seria perverso e maldoso? Devemos tomar cuidado porque a ganância e a vaidade bate na porta de todos, devemos nos prevenir para nunca esquecermos de onde viemos e quem somos, só porque temos um cargo grande ou estamos em lugares altos, que a humildade, a ética, a verdade e outras qualidades boas estejam sempre em seu pensamento, reflita, não deixe que nada e nem ninguém mude o que é bom dentro de você, seja você mesmo sempre!

O post Quem verdadeiramente é você? apareceu primeiro em Blog do Michael.

]]>
https://blog.michaelcampos.com.br/quem-verdadeiramente-e-voce/feed/ 0
O dilúvio só dura 40 dias https://blog.michaelcampos.com.br/o-diluvio-so-dura-40-dias/ https://blog.michaelcampos.com.br/o-diluvio-so-dura-40-dias/#respond Tue, 16 Oct 2018 17:36:28 +0000 http://michaelcampos.com.br/?p=105 Quantos de vocês que estão lendo esse post conhecem a história do dilúvio? É aquela história que Deus fala para Moisés construir a Arca, haha não foi Moisés foi Noé, pegadinha só pra descontrair. Então, hoje eu gostaria de falar sobre as tempestades da vida, pegando uma carona com o ultimo post, se você não…

O post O dilúvio só dura 40 dias apareceu primeiro em Blog do Michael.

]]>
Quantos de vocês que estão lendo esse post conhecem a história do dilúvio? É aquela história que Deus fala para Moisés construir a Arca, haha não foi Moisés foi Noé, pegadinha só pra descontrair. Então, hoje eu gostaria de falar sobre as tempestades da vida, pegando uma carona com o ultimo post, se você não leu, leia primeiro “Medo seu maior inimigo!” antes de continuar, no último post nós falamos sobre o medo e o que ele nos causa, hoje vamos falar sobre a tempestade ou aquele momento onde tudo está dando errado, onde parece que todas as suas tacadas parecem falhar. Nossa! Esse sentimento de fracasso é horrível, quantas vezes me peguei soluçando de chorar achando que não dava mais, talvez você esteja assim, sem direção, sem fôlego, sem estima, mas eu quero falar de um cara bem legal que superou todos os seus fracassos, um cara bastante conhecido e muitas vezes citado por diversas pessoas, você o conhece ou pelo menos o seu produto, na verdade 90% das casas no mundo tem a sua marca, o nome desse cara é Thomas Edison, o cara que inventou a lâmpada, sabe esse luzinha ai no teto, ou aquele pisca-pisca na árvore de natal, foi ideia desse cara, tudo isso aconteceu em 1879, Edison criou a primeira lâmpada elétrica. Para seu uso, ele desenvolveu um sistema elétrico completo de distribuição de luz e potência, incluindo geradores, motores, tomadas leves, caixas de junção, fusível de segurança, condutores subterrâneos, entre outros artifícios, o cara registrou mais de 2 mil patentes de invenções e reza a lenda que esse cara foi uma das maiores provas de perseverança, sabe o porquê? Foram mais de 10.000 tentativas, você tem noção de quantas vezes o sentimento de frustração bateu nesse cara? Eu não consigo imaginar, mas ele me inspira, se ele que tentou 10.000 vezes não desistiu e no final ele conseguiu cumprir o seu objetivo, por que eu vou desistir apenas na terceira tentativa? Persevere até o final, a tempestade vem ela até dá uma boa chacoalhada, mas seja como o coqueiro que enverga, vai até o chão, mas quando o vento passa, ele volta ao normal, com o peito estufado e com ar de vitorioso, porque não foi aquela tempestade que o derrubou, aprenda que a tempestade nos traz experiência, nos dá paciência, apenas continue, se mantenha que quando você olhar, nada mais vai enxergar, não tem mais vento e a chuva acabou, agora só o céu limpo e lindo com milhões de oportunidades e possibilidades e como Edison disse “Eu não falhei. Eu apenas encontrei 10.000 maneiras que não funcionam”.

O post O dilúvio só dura 40 dias apareceu primeiro em Blog do Michael.

]]>
https://blog.michaelcampos.com.br/o-diluvio-so-dura-40-dias/feed/ 0
Medo seu maior inimigo https://blog.michaelcampos.com.br/medo-seu-maior-inimigo/ https://blog.michaelcampos.com.br/medo-seu-maior-inimigo/#respond Sun, 14 Oct 2018 13:00:29 +0000 http://michaelcampos.com.br/?p=101 Porquê sentimos medo? Você já se perguntou de onde vem esse sentimento, e o por quê você o tem? Sentimos medo o tempo todo, sentimos medo da vida e de suas pegadinhas, sentimos medo de viver e de morrer, sentimos medo de tentar e de amar e de não ser correspondido, o medo é um…

O post Medo seu maior inimigo apareceu primeiro em Blog do Michael.

]]>
Porquê sentimos medo? Você já se perguntou de onde vem esse sentimento, e o por quê você o tem? Sentimos medo o tempo todo, sentimos medo da vida e de suas pegadinhas, sentimos medo de viver e de morrer, sentimos medo de tentar e de amar e de não ser correspondido, o medo é um sentimento que mexe com toda a nossa estrutura, mexe com a nossa alma nos desestrutura, ele é um dos nossos maiores inimigos, ele é responsável pela dúvida e a incerteza, ele é a confusão da nossa mente pensando no sim e no não, se eu vou ou não vou, tive muito medo, ainda tenho, medos de muitas coisas, já sofri por ter medo, já perdi, me frustrei, não ganhei, ou na verdade ganhei sim, ganhei a experiência, ganhei a perspectiva de tentar e se falhar eu tentei, aprendi com meu medo que eu o controlo, que eu estou acima dele, eu sei que eu posso tudo naquele que me fortalece, hoje eu te convido a pegar seus medos e a coloca-los dentro de uma caixinha e tacar bem longe, está na hora de tentar, de tentar viver, de amar ou tentar amar, de tentar o sim que o não é certo, de empreender a vida, não deixe que a ansiedade que surgiu com seu medo de viver fale mais alto, permita-se viver o bem que Deus tem, permita-se voar, saia da gaiola que tem aprisionado seus sonhos, cuidado com as vozes do frustrados de sonhos, ouça o que Deus tem pra você, uma vida de liberdade, onde a fé é o limite dentro de sua vontade, seja feliz, tenha paz e segurança, tenha amor, viva amor, transborde amor, o medo não é nada, ele não existe, você que o cria, você o alimenta, você que o controla, chegou o momento de viver a vida, de sorrir e tentar e se falhar eu sei que novamente você vai tentar.

O post Medo seu maior inimigo apareceu primeiro em Blog do Michael.

]]>
https://blog.michaelcampos.com.br/medo-seu-maior-inimigo/feed/ 0
Gerencie vários sites WordPress de um único lugar https://blog.michaelcampos.com.br/gerencie-varios-sites-de-um-unico-lugar/ https://blog.michaelcampos.com.br/gerencie-varios-sites-de-um-unico-lugar/#respond Sat, 02 Jun 2018 00:45:54 +0000 http://portalmidiacriativa.com/?p=11706 Olá amigo leitor, hoje falaremos de um dos sistemas que mais me identifiquei nos últimos tempos, o Infinite WP. Mas o porquê dele me chamar tanta atenção assim, simples, aqui na Una, agência onde trabalho, todos os sites que desenvolvemos são em wordpress e como gerenciar tudo isso um por um? Temos mais de 50…

O post Gerencie vários sites WordPress de um único lugar apareceu primeiro em Blog do Michael.

]]>
Olá amigo leitor, hoje falaremos de um dos sistemas que mais me identifiquei nos últimos tempos, o Infinite WP.

Mas o porquê dele me chamar tanta atenção assim, simples, aqui na Una, agência onde trabalho, todos os sites que desenvolvemos são em wordpress e como gerenciar tudo isso um por um? Temos mais de 50 sites que administramos e como administrar todos um por um? Como atualizar plugins, ter relatório se o site está funcionando corretamente e etc, buscando algo para facilitar minha vida e de graça achei o Infinite WP e foi amor à primeira vista, ele é free, o que é o máximo! Você baixa a aplicação, instala no seu servidor, configura e voilá! É simples e fácil e abaixo vou explicar como funciona.

Uma chave para completar a gestão de seu site WordPress

O InfiniteWP traz todas as suas necessidades de gestão WordPress debaixo de uma única janela. Você pode adicionar um número ilimitado de sites e gerenciá-los com apenas alguns cliques. Você pode nunca mais ter que usar o painel do WordPress novamente. Uma vez integrado, InfiniteWP dá uma visão completa de todos os seus sites WordPress. Isso torna mais fácil para backup, gerenciar plugins e temas em vários sites WordPress.

Você pode ver os seus resumos locais apenas passando o ponteiro do mouse sobre o site. Você pode ver as cópias de segurança disponíveis, a versão do WordPress que está em execução, atualizações disponíveis para plugins, temas e muito mais.

Faça backup do seu site rapidamente, abra o painel WP em uma nova aba, abra seu site em uma nova aba, guardar notas e links site-specific e muito mais apenas passando o mouse sobre o seu site.

Atualizar tudo em apenas um clique

O botão Atualizar tudo no InfiniteWP torna mais simples e fácil de atualizar tudo em vários sites WordPress diretamente do painel de administração. Pare de perder tempo atualizando plugins e temas individuais manualmente em cada site separadamente. Você pode atualizar os seus sites WordPress, temas e a versão do WordPress em apenas um clique. Então, da próxima vez quando você quiser atualizar vários sites WordPress, ele vai ser apenas com um único clique e pronto.
one_click_update

Você tem a flexibilidade para aplicar as atualizações em vários plugins, temas e núcleo WP de qualquer maneira que você quiser. Atualizar um plugin específico em sites selecionados ou atualizar todos os plugins em todos os sites.

Esconder site

Você modificou o seu site ou um plugin e não quer atualizá-lo sempre? Sem problemas. Você pode simplesmente escondê-lo e nunca irá mostrar quando as atualizações estão disponíveis para ele.

Acabou de se formar em design e não sabe quanto cobrar?

Backup e Restauração

Sua máquina do tempo para WordPress

Com o backup InfiniteWP e restaurar, você obtém uma solução WordPress confiável easy-to-use de backup de forma gratuita. Passe o mouse sobre o site, clique em Backup Agora e selecione os componentes para backup. E, ele é feito. Fazer o backup de seu site WordPress não poderia ser mais simples. Nunca se preocupar em perder seus dados nunca mais. Se você tiver algum problema com o seu site WordPress, basta clicar em Restaurar e seu site WordPress estará de volta instalado e funcionando em poucos minutos.
One_click_backup_restore

Programe backups (premium)

Automatizar seus backups usando o addon backup agendado. Defina o agendamento de backup uma vez e tudo acontece automaticamente.

Backup na nuvem (premium)

Com o backup addon Nuvem, salvar backups de seus sites WordPress fora do seu servidor, na nuvem com o Amazon S3, DropBox, Google Drive ou qualquer outro servidor FTP.

 Plugins e Temas

Sem esforço, gerencie plugins e temas em todos os seus sites WordPress

InfiniteWP torna mais fácil para gerenciar seus plugins e temas em vários sites WordPress. Você pode ver plugins instalados em cada site, pesquisar e instalar plugins e temas a partir do repositório WP Plugin e ativar / desativar / excluir plugins em grandes quantidades em vários sites.
Instale um novo Plugin / Tema

Você pode instalar um novo tema ou plugin diretamente de dentro do painel de administração do InfiniteWP. Navegue através do diretório de plugins e instale-os em vários sites WordPress em apenas alguns cliques.

Hospedagem e Segurança

Quem pode proteger seus sites WordPress melhor do que você?

InfiniteWP é uma ferramenta de gestão WordPress auto-hospedado, ou seja, você pode instalar o InfiniteWP em seu próprio servidor de hospedagem e monitorar seus sites WordPress a partir daí. Ter uma plataforma de gestão auto-hospedado coloca você no controle de seus sites. Você não tem que confiar em qualquer terceira parte externa com seus dados. Uma vez que todos os seus dados, consultas e ações ocorrem dentro do seu servidor, é totalmente privado para você. Você não precisa se preocupar com questões de privacidade e segurança.

Livre para sempre

As melhores coisas da vida são de graça

A empresa responsável pelo desenvolvimento dessa aplicação acredita em tornar a tecnologia inovadora e disponível para todos. E é por isso que o InfiniteWP é livre para sempre; com atualizações vitalícias. Não há limite para o número de sites que você pode gerenciar de forma gratuita. Para funcionalidades mais avançadas, precisará obter o pacote premium.

Tradução e Adaptação: Michael Campos

O post Gerencie vários sites WordPress de um único lugar apareceu primeiro em Blog do Michael.

]]>
https://blog.michaelcampos.com.br/gerencie-varios-sites-de-um-unico-lugar/feed/ 0